Blog > APIs, Chatbots, E-commerce e Varejo, Inteligência Artificial, Marketplace, Para Atendimento, Para Marketing, Para Vendas, Segurança e Fraude, SMS, Transformação Digital, WhatsApp

Black Friday: 5 formas de usar Inteligência Artificial ao seu favor

 
Featured Image
 

O uso da Inteligência Artificial no comércio eletrônico está crescendo cada vez mais.  Isso porque, depois de 2020, a impressão é que o varejo digital acelerou 10 anos em 2. 

Com o isolamento social, o mundo se voltou ainda mais para o virtual – e isso impulsionou muitas empresas a reordenar suas equipes de suporte ao cliente, enquanto faziam a transição de seus funcionários das lojas físicas para o atendimento online. 

Mas, enquanto 2020 foi um ano de muito aprendizado sobre novas formas de se criar conexões profundas entre pessoas, 2021 está sendo o período de realização e de vivenciar, na prática, todos os insights do ano anterior. 

Quando se trata de varejo, contar com o apoio da Inteligência Artificial (principalmente a Conversacional) foi crucial para fornecer uma experiência excepcional aos consumidores, aumentar a eficiência das operações e do planejamento, além de reduzir custos. 

Nesse mar virtual de competições, muitas das grandes companhias varejistas já usufruem de tecnologias para surfar nessa nova onda de consumo. Mas, se isso não é o caso da sua empresa ainda, nunca é tarde demais para adotar a IA para oferecer a melhor experiência ao seu cliente – principalmente tratando-se de altas temporadas, como a Black Friday e a Cyber Monday.

Quer saber como? Confira abaixo 5 formas de usar a tecnologia conversacional na sua marca. Boa leitura!

5 formas de usar a IA em sua empresa

Reunimos as estratégias mais efetivas e atuais que diversas empresas de comércio eletrônico estão usufruindo da tecnologia artificial nas temporadas de compra de fim de ano e como isso tem gerado grandes resultados. Confira:

1. Provadores virtuais

Muitos varejistas tradicionais pegaram carona na experiência que marcas de beleza e cosméticos já realizam em seus sites para oferecer um provador virtual aos seus clientes. 

Diversas companhias migraram 100% de sua logística para o online por esse cenário ser mais estrategicamente rentável. Nesses casos, com o provador virtual, os clientes puderam adicionar suas próprias dimensões e criar um avatar personalizado. Com isso, foi possível “experimentar” os produtos no conforto e segurança de seu lar. 

Mas as oportunidades não pararam por aí: há quem também tenha usufruído da tecnologia artificial para potencializar a jornada de compra dos consumidores em seus provadores físicos, no qual os clientes conseguem pedir novas peças ou novos tamanhos através de dispositivos instalados dentro das cabines. Nesses casos, o funcionário da loja é acionado para levar os novos itens ao consumidor dentro do provador. 

2. Pesquisa visual personalizada

Segundo dados divulgados pela Thermopylae Sciences + Technology, o cérebro humano é capaz de processar imagens 60.000 vezes mais rápido do que texto, e cerca de 90% das informações transmitidas ao cérebro são visuais. 

Em mundo hiperconectado, proporcionar uma pesquisa visual eficaz e personalizada contribui para que a sua marca se destaque da concorrência. A partir de dados dos seus clientes (permitido por eles), é possível criar mecanismos de recomendação baseados em IA. Isso permite que os varejistas consigam antecipar quais produtos terão melhor repercussão com um cliente específico e oferecer produtos de forma personalizada. Tudo isso é possível realizar com base no histórico de pesquisa e navegação, tempo gasto em uma página de produto específico e histórico de compras. 

Essa personalização impulsionada por tecnologia artificial pode ser capaz de aumentar a lucratividade em 59% até 2035, segundo dados da Big Commerce.  

3. Compras via chatbots

Por influência do COVID-19, muitas pessoas estão evitando lojas físicas e preferindo a experiência online. Como forma de proporcionar a mesma vivência que consumidores tinham presencialmente, varejistas estão enxergando na implementação de chatbots uma maneira de auxiliar no atendimento virtual. 

Essa estratégia está gerando resultados interessantes para as companhias: 1 em cada 5 clientes estão dispostos a comprar bens ou serviços com o auxílio de um chatbot. 

A Sinch é pioneira em mensageria e oferece soluções personalizadas de implementação de bots para empresas. Quer saber como isso é possível na sua marca? Entre em contato com um de nossos especialistas. 

4. Otimização do suporte ao cliente 

Períodos de alta temporada como Black Friday exigem uma preparação ainda mais eficaz por parte das empresas – e isso envolve ferramentas que otimizam o suporte ao cliente. 

Nesse caso, contar com chatbots é uma estratégia essencial. Isso porque a implementação de bots conversacionais auxilia instantaneamente o seu cliente em questões como dúvidas frequentes de produtos, gerenciamento de pedidos, cancelamentos, garantias e muito mais. Soluções como a Bundle FAQ da Sinch permitem que você cadastre as respostas das perguntas mais frequentes feitas pelos seus consumidores. 

Caso a dúvida seja mais complexa, a sua equipe de atendimento é acionada. 

Aqui você confere detalhes das principais soluções Sinch que podem auxiliar a sua marca a otimizar o atendimento. 

5. IA Conversacional em processos de Troca&Devoluções

É comum que, após a lucrativa temporada de compras de fim de ano, venha a época de trocas e devoluções de pedidos. 

Com o mundo mais voltado ao online, espera-se que esse movimento de troca aconteça de forma virtual. Em uma matéria feita pela CNBC (imprensa americana dedicada a notícias sobre negócios), publicada em dezembro de 2019, estimava-se que os consumidores retornariam cerca de 15% a 30% das compras online, em comparação a 13% de retorno de compras em lojas físicas. Dois anos e uma pandemia depois, estima-se que os dados sejam ainda maiores. 

Nesse momento, prevenir e gerenciar retornos de forma integrada é uma estratégia inteligente para oferecer a experiência de compra mais rica e eficiente ao seu cliente. A Inteligência Artificial Conversacional pode ajudar de 2 formas:

  • Análise preditiva para ajudar a identificar quando uma devolução é provável de acontecer com base no comportamento de compra online (como, por exemplo, guia de tamanho);
  • Melhorar o processo de devolução, como o envio de notificações de status de reembolso.

Independente do tamanho da sua empresa, a tecnologia e a inovação podem contribuir para que a sua marca acelere resultados e encante os consumidores. E quando o assunto envolve mensageria e inteligência artificial conversacional, você pode contar com a Sinch. Entre em contato com um de nossos especialistas e veja como isso é possível.