Blog > Chatbots, Transformação Digital

Growth Hacking: 5 práticas para alavancar os resultados do seu negócio

 
Growth Hacking: 5 práticas para alavancar os resultados do seu negócio
 

Em um mercado cada vez mais competitivo, as empresas estão em busca de diferentes oportunidades de crescimento, principalmente as que trazem um bom custo-benefício. Com o objetivo de expandir os horizontes e se destacar em meio a concorrência, o growth hacking, estratégia inicialmente explorada pelas startups, foi acatado por várias companhias de diferentes tamanhos e segmentos. 

Por ser relativamente nova, essa prática ainda gera dúvidas nos profissionais. Além disso, aplicá-la em seu negócio requer muita análise e estudo para fazê-la de forma eficiente. Para isso, é possível contar com a ajuda de tecnologias, que facilitam o uso desta estratégia. 

Para ajudá-lo a entender melhor sobre growth hacking e compartilhar algumas dicas sobre o tema, preparamos este texto. Acompanhe e descubra! 

O que é Growth Hacking?

Antes de trazermos as dicas para você aplicar essa estratégia em seu negócio, é importante entender a fundo sobre o que se trata o growth hacking. 

Criada em 2010 nos Estados Unidos, esta teoria busca desenvolver alternativas ao marketing tradicional que tragam bons resultados aos negócios por um baixo custo. Para isso, o growth hacking reúne uma série de práticas para que o crescimento da empresa aconteça de forma planejada, sustentável e rápida, isso significa que as metas estabelecidas para esta expansão devem ser alcançáveis. 

O ponto de partida dessa estratégia está na realização de testes para comprovar as hipóteses. Assim, se o resultado do experimento for positivo, a empresa segue adiante com a ideia. Vale ressaltar que o intuito é encontrar formas econômicas e rápidas de crescer, por isso os testes sempre levam esses dois pré-requisitos em consideração. 

A principal diferença entre o growth hacking e as práticas tradicionais de marketing está em colocar como foco nos KPIs — Key Performance Indicator —, que nada mais é que um medidor de performance, como a taxa de rejeição ou número de visitas de um site, por exemplo. Dessa forma, diferentemente das demais, essa estratégia de marketing tem como foco alcançar os objetivos, seja de uma empresa ou de um único projeto. 

5 dicas para impulsionar seu negócio com o growth hacking

Agora que você já entendeu o conceito de growth hacking, é hora de conhecer 5 práticas que vão fazer essa estratégia impulsionar os resultados do seu negócio. Confira a seguir! 

Trace metas

Como mencionamos anteriormente, a base do growth hacking é estabelecer metas. Assim, é possível visualizar os objetivos e a criar testes que mostrem o caminho mais prático e econômico de alcançá-los. 

Outro ponto importante, é que essas metas sejam mensuráveis — como os KPIs — para que seja possível analisar se os resultados estão atingindo o desejado embasando-se em números.  

Teste antes de colocar em prática

O teste AB é um dos grandes aliados das empresas que querem investir no growth hacking. Com ele, é possível analisar a adesão dos clientes aos experimentos e identificar qual comunicação funciona melhor com eles. 

Por exemplo, uma empresa pode identificar qual a melhor comunicação com o cliente através de um CTA em uma landing page. Imagine que o seu negócio esteja em busca de mais prospecções de leads, contudo foi notado que os clientes não estão clicando no botão que os encaminha ao formulário. 

Com um teste AB, é possível estabelecer 3 tipos de CTAs, determinar o percentual de pessoas que terão contato com cada um deles e, ao final de um certo período, identificar qual Call To Action mais resultou em leads. Desse modo, a empresa saberá como atrair e conquistar mais clientes de forma assertiva

Aprimore o seu serviço

Para conseguir vender um produto ou serviço, é fundamental que ele atenda às dores do cliente, ou seja, solucione seus problemas e cesse as suas necessidades. Por isso, quanto melhor for o produto que a sua empresa oferece, maiores serão as chances de conquistar novos consumidores e, em seguida, fidelizá-los

Uma das melhores formas de entender se o seu serviço está atendendo às expectativas do consumidor é através dos testes. Por meio deles, você obtém dados ricos que indicam o melhor caminho a seguir para aprimorar seu produto ou serviço. Portanto, use-os para melhorar cada vez mais a experiência do cliente. 

Alie-se às tecnologias

Existem diversas plataformas que auxiliam o growth hacking, assim como também podem ser usadas tecnologias que, além de serem geradoras de KPIs, também automatizam diversos processos. 

Os chatbots são aliados perfeitos para esta estratégia de marketing. Sua versão mais avançada é conhecida como Inteligência Artificial Conversacional, capaz de estabelecer um diálogo humanizado com o cliente. 

São várias as vantagens de adotar essa tecnologia em sua empresa, já que ela consegue agilizar o atendimento, melhorar a experiência do cliente e comunicar-se de forma personalizada. 

Quando se trata de growth hacking, a IA é capaz de captar KPIs importantes de forma econômica, que podem ser utilizados para aprimorar um produto ou serviço. Além disso, ela consegue atender inúmeras pessoas ao mesmo tempo, o que é o ideal para as empresas que estão em busca de um crescimento rápido. 

Otimize processos 

Na hora de otimizar processos, os chatbots são novamente aliados do growth hacking. Por se tratar de uma estratégia que busca poupar gastos e agilizar o crescimento, é essencial que os processos sejam otimizados ao máximo. Para isso, a IA é uma ferramenta incrível. 

Além de reduzir custos com mão de obra, ele também automatiza os processos de atendimento, vendas, SAC digital, entre outros, uma vez que ele funciona 24 horas por dia e é programado para dialogar com diversas pessoas simultaneamente. 

Como a Sinch pode ajudar sua empresa?

A Sinch, líder mundial no mercado de mensageria, é especializada no desenvolvimento e implementação de chatbots personalizados para a sua empresa alcançar melhores resultados e captar mais leads. 

A nossa solução conversacional oferece acesso a modelos pré-configurados de chatbot para diferentes momentos da jornada de consumo. Com isso, a única tarefa com que o cliente precisa se preocupar é adaptar as interações para ficarem alinhadas ao perfil da empresa. 

Se interessou? Então, acesse o nosso site e entre em contato com o time Sinch de especialistas.